Coquetel Molotov

Destaque Notícias, Vídeo

CONEXÃO VIVO MOVIDA ANUNCIA OBRAS SELECIONADAS

O Conexão Vivo expande as fronteiras do seu braço audiovisual com uma mostra de videoclipes e documentários musicais que circula por cinco capitais entre maio e julho. Em sua primeira edição, o Conexão Vivo Movida oferece uma visão panorâmica do diálogo entre música e audiovisual na cena contemporânea no país, com 57 obras produzidas nos últimos três anos, que disputam R$ 35 mil em prêmios.

Os vídeos foram selecionados por meio de edital público e refletem uma vasta amplitude de abordagens estéticas e estilísticas, em um segmento da produção audiovisual que ainda encontra dificuldades em termos de sustentabilidade no mercado, mas que se renova com a possibilidade de exibição nas novas janelas de conteúdo transmídia. Itinerante, a mostra circula por cinco capitais brasileiras entre maio e julho: Goiânia, Belo Horizonte, João Pessoa, Salvador e São Paulo. O lançamento será feito no dia 1º de maio, dentro do festival Bananada, em Goiânia.

O Conexão Vivo Movida amplia as ações do eixo audiovisual do programa Conexão Vivo, complementadas pelo Conexão Vivo Animações, voltado para a produção de videoclipes em animação. A produção e gestão do projeto estão a cargo da Cria! Cultura e Bangalô Produções.

Itinerância – A primeira cidade a receber o Movida será Goiânia, de 1º a 4 de maio, no Centro Cultural da Universidade Federal de Goiás, em parceria com o festival Bananada, realizado pela produtora A Construtora – Música e Cultura. Em seguida, a mostra se instala na capital mineira onde integra a programação do Conexão Vivo, de 10 a 13 de maio. Rumo ao nordeste, o Movida apresenta suas obras em João Pessoa (31 de maio a 3 de junho) e em Salvador (14 a 17 de junho). A última etapa do projeto será realizada em São Paulo, de 12 a 15 de julho.

As obras selecionadas para a mostra competitiva do Conexão Vivo Movida concorrem ao prêmio de R$ 35 mil, submetidas ao crivo do público presencial, um corpo de jurados e pelos internautas. A votação do público presencial vai premiar cinco videoclipes e cinco documentários com R$ 2 mil em cada capital visitada. A Comissão Julgadora, formada por 15 jurados (três representantes regionais de cada uma das cinco capitais), concederá um prêmio para videoclipe e um para documentário, cada um no valor de R$ 5 mil. O internauta também poderá premiar um videoclipe. O mais votado no portal Conexão Vivo receberá R$ 5 mil.

Seleção – De acordo com os curadores da Mostra Movida, a seleção das obras procurou, dentro do conjunto de trabalhos inscritos, privilegiar a diversidade das cenas do Brasil, revelando, em alguns momentos, instigantes criações. Os nove documentários selecionados são originários de cinco estados do país, distribuídos entre Nordeste, Sul e Sudeste.

CONEXÃO VIVO MOVIDA – DOCUMENTÁRIOS SELECIONADOS

ARAGUARI, O QUE FOI QUE ACONTECEU? | Anderson Boscari e Rafael Oriente | São Paulo/SP | 2011
ARGUS MONTENEGRO & A INSTABILIDADE DO TEMPO FORTE | Pedro Isaias Lucas | Porto Alegre/RS | 2009
FEZ A BARBA E O CHORO | Tatiana Nequete | Porto Alegre/RS | 2011
MAIS UMA VEZ MAESTRO! DE VOLTA AO HOTEL ESPLANADA | Gustavo Mello e Eduardo Piagge | São Paulo/SP | 2011
O LIBERDADE | Cíntia Langie e Rafael Andreazza | Pelotas/RS | 2011
O SOM QUE VEM DAS RUAS | Daniel Veloso E Eduardo Zunza | Belo Horizonte/MG | 2011
PROVA DE ARTISTA | José Joffily | Rio de Janeiro/RJ | 2011
SEX BEATLES MEMORABÍLIA | Marcelo Martins | Rio de Janeiro/RJ | 2011
SIBA – NOS BALÉS DA TORMENTA | Caio Jobim e Pablo Francischelli | Rio de Janeiro/RJ | 2012

A mostra de videoclipes do Movida reflete a verve criativa do formato, que veio construindo ao longo do tempo um repertório de experimentações, rearticulações, apropriações e resgates. ”O que podemos perceber em alguns dos trabalhos são soluções simples que geram resultados ousados e criativos propondo novas relações entre som e imagem. A mostra de clipes exibe um conjunto heterogêneo e singular de diversos gêneros musicais e de videoclipes. Alguns apostam na experimentação formal, emulando a videoarte dos anos 70, enquanto outros emplacam referências diretas do cinema, da animação ou mesmo do registro da performance. O conjunto de 48 videoclipes é sintomático da diversidade, amplitude e criatividade da cena musical e audiovisual brasileira”, ressalta Eduardo de Jesus.

CONEXÃO VIVO MOVIDA – VIDEOCLIPES SELECIONADOS

ALÉM MAR | João Guerra, Fred Belchior e Marcelo Magalhães | Dão e a Caravana Black | Salvador/BA | 2012
ALICE | João Marcelo Gomes | Lemoskine | Curitiba/PR | 2011
BABILÔNIA 336 | Leonardo Hermont Good God | Garbo | Belo Horizonte/MG | 2012
BAPTISTA, O MAQUINISTA | Carlos Dowling | Burro Morto | João Pessoa/PB | 2011
BIZARRO DANCE CLUB | Lucas Escócio | Strobo | Belém/PA | 2011
CANDEIAS ROCK CITY | Rafael Noto | Johnny Hooker | Recife/PE | 2011
CHORO (Bate-Boca) | Kauê Zilli e Pepe Mendes | Pitanga em Pé de Amora | São Paulo/SP | 2012
COME TO ME | Priscilla Regis Brasil | Daniel Peixoto | Belém/PA | 2010
CONEXÃO ALTO VERA CRUZ HAVANA | PH Monteiro e Anderson Guerra | Flávio Renegado | Belo Horizonte/MG | 2011
CORAÇÃO | Arthur B. Senra, César Maurício e Sávio Leite | Virna Lisi | Belo Horizonte/MG | 2011
CORAÇÕES SURDOS | Rodrigo Séllos e Larissa Abbud | Harmada | Rio de Janeiro/RJ | 2011
CRETINO | Gustavo Lamartine, Gabriel Souto e Flávio Aquino | Du Souto | Natal/RN | 2011
CURTINDO A VIDA ADOIDADO | Filipe Gontijo | Super Stereo Surf | Brasília/DF | 2012
DANCE! | Renato Reis | Strobo | Belém/PA | 2011
DANGER | Gabriel Mattar | Glass N’ Glue | Rio de Janeiro/RJ | 2011
DIE IN VAIN | Livia Perini e Felipe Machado | Peixoto & Maxado | São Paulo/SP | 2011
É O MOIO | Pedro Gomes | Pentagono | São Paulo/SP | 2009
EU NÃO SOU DAQUI | Paul Zaracla e Leandro Schirmer | Yanto Laitano | Porto Alegre/RS | 2012
FAREWELL LOVE SONG | Luísa Rabello, Priscila Amoni e Bernard Machado | Graveola e o lixo polifônico | Belo Horizonte/MG | 2012
HOJE | André Mendes | André Mendes Trio | Salvador/BA | 2011
I KILLED A MAN | Bagadefente | Monique Maion | São Paulo/SP | 2010
ÍNDIO ROCK | Marco Auad e Stefania Costa | Mostarda Na Lagarta | Belém/PA | 2011
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL | Dellani Lima | Madame Rrose Sélavy | Belo Horizonte/MG | 2012
ISSO É O FIM | Alexandre Fortes | The Pro | Brasília/DF | 2011
JANAÍNA | Mino Barros Reis | Otto | São Paulo/SP | 2011

JAPAN POP SHOW | Priscilla Regis Brasil | Curumin | Belém/PA | 2010
LELÊ | Carlos Dowling & Shiko | Chico Correa & EletronicBand | João Pessoa/PB | 2009
MA CHERIE | Marcelo de Almeida Cordeiro e Fernanda Vidal | Hidrocor | São Paulo/SP | 2011
MANIAC FOR THE MISSING SOUND | Leandro Schirmer e Amarelo/Mumu | It’s | Porto Alegre/RS | 2011
MARCHINHA DA ALCOVA | Humberto Rocha Mundim e Rafael Fares | Alcova Libertina | Belo Horizonte/MG | 2011
ME ENGANA | Juliana Yurk | Pulse 011 | São Paulo/SP | 2012
MOÇA BONITA | Rabú Gonzales | Penna Firme | Rio de Janeiro/RJ | 2011
O DEUS QUE DEVASTA MAS TAMBÉM CURA | Daniel Lisboa, Diego Lisboa e Matheus Vianna | Lucas Santtana | Salvador/BA | 2012
PLANOS | Carlon Hardt e Lucas Fernandes | Match | Curitiba /PR | 2011
PRA VOCÊ | Adriano Faleiros e Enio Torres | Granell | Três Lagoas/MG | 2010
RÓTULO | Thiago Akira e Agno Santos | Mad Sneaks | Alpinópolis/MG | 2011
ROUTINE | Jackson Abacatu | Ram | Belo Horizonte/MG | 2009
SEGREDO DA HARMONIA | Felipe Franca | Versu2 | Salvador/BA | 2009
SHIFT | Priscilla Regis Brasil | Macaco Bong | Belém/PA | 2010
SILENCIOSA | Danila Bustamante | Jair Naves | São Paulo/SP | 2011
BANHEIRO – BEM BOM | Clara Cavour | Tono | Rio de Janeiro/RJ | 2011
UNDER THE CROSS | Caio Cortonesi | Device | Brasília/DF | 2012
VELA | Priscilla Regis Brasil | Madame Saatan | Belém/PA | 2009
VERMELHO – O VERMEZINHO DO AMOR | Peri Pane e Philip Spoto | Peri Pane e Odegrau | São Paulo/SP | 2010
VOCÊ JÁ TEVE MAIS CABELO | João Marcelo Gomes | Poléxia | Curitiba /PR | 2009
VOCÊ NÃO ME VÊ | Tomé Lavigne e Manuella Stefani | Os Azuis | Rio de Janeiro/RJ | 2012
VOU TIRAR VOCÊ DA CARA | Ana Olívia Godoy, Danielle França, Jean Santos | Feiticeiro Julião | Jaboatão dos Guararapes/PE | 2011
WILD MAN | José Renato e Thiago Oliveira | Black Bone Blues Rock | Belo Horizonte/MG | 2012

Mais informações: www.conexaovivo.com.br

02 comentários

  • Verei novamente, Baptistam o Maquinista.

    Ardesson 08.05.2012 09h55

Deixe um novo comentário