Coquetel Molotov

Destaque Notícias

FESTIVAL NO AR COQUETEL MOLOTOV SE EXPANDE E REFORÇA PROGRAMAÇÃO BRASILEIRA

Completando 12 edições de amor à música independente, o festival No Ar Coquetel Molotov apresenta uma programação intensa de eventos ao longo do mês de outubro. Apresentado pela Skol Music, numa promoção do Instituto Conceição Moura, com patrocínio da Baterias Moura, as atividades do festival incluem a Mostra Play The Movie, oficinas, debates, discotecagens, prévias em Fernando de Noronha e Belo Jardim, drops com convidados especiais pelo Recife e ainda um dia inteiro de shows na Coudelaria Souza Leão, no dia 31 de outubro.

Os portões da Coudelaria Souza Leão abrem às 13h e a partir das 15h, a música já começa a rolar com as atrações do Palco AESO em conjunto com o Som na Rural. Ao todo serão 21 atrações em três palcos com ingressos à venda no endereço www.eventick.com.br/noar2015 pelo preço de R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia-entrada) no primeiro lote e R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia-entrada) no segundo e último lote.

Dentre as novidades previstas para este ano estão o encontro de food trucks e um encontro de zines, fazendo com que fanzineiros do país enviem seu material a ser exposto para troca e venda em um stand. Neste ano, o festival terá uma oferta maior de comidas com a presença de seis food-trucks e três bike-foods da cidade, tendo sido selecionados com curadoria da Tuk Tuk. A Feira Cultural do evento, com a presença de expositores e marcas de roupas, acessórios e discos continua nesta edição ganhando um reforço de estrutura e capacitação do SEBRAE. A Deezer também estará presente na Coudelaria Souza Leão com um hotspot que vai permitir que o público que tire fotos com a hashtag #deezernoar2015 e as leve para casa impressas.

Palco Sonic – Quem abre a programação no Palco Sonic, na área externa do local é Sofia Freire, cantora que está lançando o seu primeiro disco “Garimpo”. Sofia Freire tem 18 anos e é compositora e pianista com músicas que misturam o piano erudito com elementos de música eletrônica, além de muita poesia e camadas de voz, a maior característica da artista.

Às 16h40, sobe ao palco a banda potiguar Mahmed com músicas que estão em um constante cruzamento entre o onírico, o experimental e até o nonsense que corta em pedaços, rótulos imediatos como “Jazz”, “Dream Pop” ou “Post-Rock”. A banda possui em sua discografia o EP “Domínio das Águas e dos Céus” (2013) e o elogiado disco “Sobre a Vida em Comunidade”, lançado neste ano pela Balaclava Records.

Tocando pela primeira vez no Recife está o rapper Rico Dalasam, revelação no cenário hip hop paulistano em um movimento apelidado de “queer rap”. Rico passou pelas famosas batalhas de MCs do metrô Santa Cruz, na zona sul de São Paulo, mas ao invés de tecer rimas fortes em tom de denúncia, ele cai na “ferveção” e versa sobre aceitação, gêneros e relacionamentos.

Logo em seguida, é a vez do grupo instrumental Cosmo Grão, formado por Chico Rocha e Thiago Menezes nas guitarras, Rafael Gadelha no baixo e Cássio Sales na bateria. O som pesado do grupo tem influências do rock grunge, stoner e noise. A banda lançou seu primeiro EP no começo de 2015 de maneira independente e já se apresentou em diversos eventos pelo Recife.

Revelação da cena de Goiânia, a banda Carne Doce foi criada em 2013 pelos músicos Salma Jô e Macloys Aquino, com um primeiro álbum que chegou em 2014 quando a dupla chamou outros integrantes para completar a banda. Suas canções críticas que abordam temas como sexo, infância, vida urbana e convivência, são marcadas principalmente pela sonoridade de guitarras e sintetizadores.

Em seguida, é a vez de Serge Erege, produtor que vem mostrando seu trabalho ao vivo em palcos de grandes festivais, com shows elogiados na edição paulistana do Meca, no carioca Novas Frequências e no Tomorrowland Brasi. Serge faz parte do cast da Skol Music no selo Ganzá de Dudu Marote e seu som é um exercício de criatividade equilibrando a doçura e profundidade das bases com seu vocal forte, criando o que gosta de chamar de “som de caverna”, brinca ele, que ecoa do pós-punk ao dream-pop e da darkwave a ítalo-disco.

Esta edição do festival também será marcada pela volta do Ludovic, banda paulistana que estava há sete anos sem fazer shows. O Ludovic que vem ao Recife possui em sua formação os mesmos integrantes que gravaram o segundo e ultimo disco da banda, “Idioma Morto” lançado em 2006: Jair Naves (voz e baixo), Eduardo Praça (guitarra), Zeek Underwood (guitarra) e Thiago Babalu (bateria). Em cima do palco, a banda destilava uma agressividade somada ao seu som pra fazer o descontrole virar rotina em suas apresentações.

Depois da meia-noite, o Palco Sonic vira o local para dançar bastante com a presença de DJs convidados do coletivo Charqueattack, do artista Aslan Cabral. Definida como uma ‘mini-festa-ação’, o auê busca chamar atenção da sociedade para os muitos ataques de tubarão que já aconteceram, sem nenhuma providência ter sido tomada pelas autoridades, além de promover o convívio nos locais públicos, especialmente na praia sendo regado a muito som.

Patrick Tor4 é a atração seguinte, sendo ele um dos principais djs e produtores brasileiros da atualidade. Baiano de nascimento, ele passou boa parte da vida girando pelo norte e nordeste brasileiro onde viu, ouviu e absorveu todas as influências da música popular produzida e consumida nestes lugares. Como dj, Patrick desconstrói a pluralidade étnica que forma a musicalidade do Brasil, reconectando a seus equivalentes pelo mundo que se utilizam dos mesmos elementos pra formar outras tendências; assim do Baião nordestino ao Balkan beats do leste europeu.

O grande destaque da noite é Omulu, codinome do produtor carioca Antmaper, uma das principais novidades da cena de “global bass” no Brasil e no mundo. A principal pegada do seu trabalho é a renovação de ritmos nacionais, do funk ao tecnobrega, do maracatu ao axé, passando pelos toques de atabaque do candomblé e mesclando com batidas eletrônicas internacionais, sejam elas africanas, latinas, norte-americanas ou europeias.

Seu mais novo lançamento – via Buuum, selo ligado à plataforma Skol Music – é um EP homônimo de 3 faixas que circula sonoramente tanto por aparelhagens quanto por ambientes radiofônicos, misturando o melhor do underground com o mundo pop. Omulu ganhou reconhecimento internacional chamando a atenção de artistas de peso como Diplo, Skrillex e Calvin Harris, que já compartilharam seus mashups em suas redes sociais.

Palco Velvet – Às 17h, o público poderá adentrar ao espaço interno da Coudelaria para ver a programação de shows que se inicia com a banda pernambucana The Raulis. O grupo de surf rock mistura de forma instrumental e criativa a surf music norte-americana com a guitarrada, a cumbia em um fundo psicodélico e viajante. Enquanto efeitos te tomam a cabeça, o compasso te toma o corpo em uma iminente dança tropical.

Na sequência, sobe ao Palco Velvet a cantora carioca Marcela Vale, conhecida pelo nome artístico de Mahmundi. Seu estilo flerta com a música eletrônica, indie, lo-fi e a poesia reflexiva brasileira, além de possuir muitas influências do pop oitentista. Mahmundi é uma das apostas do selo StereoMono, da plataforma Skol Music. A plataforma criada pela marca Skol junto a três selos musicais tem o intuito de contribuir com a movimentação e transformação do mercado autoral brasileiro. Com foco em curadoria, os selos como o StereoMono, Ganzá e Buuum trazem artistas como Mahmundi, Serge Erege e Omulu para o filtro das novas tendências que estão aquecendo o mercado.

A atração internacional convidada para esta edição do festival é o duo francês Juveniles. O duo, com sua linguagem eletro-pop em primeiro plano já foi ouvido em diversos países e idiomas diferentes. Juveniles lançou seu CD homônimo de estreia em 2013 após uma série de elogiados singles e EPs, a exemplo de “We Are Young”, debut do grupo em 2011. Segundo os integrantes da banda, o som do Juveniles é perfeito para acompanhar as noites de balada sem dormir em uma incessante festa.

Eleita “Artista Revelação” no Prêmio Multishow deste ano, a cantora Ava Rocha apresenta no festival as músicas de seu elogiado disco “Ava Patrya Yndia Yracema”. Filha dos cineastas Glauber Rocha e Paula Gaítan, a cantora tem o envolvimento com outras artes desde da adolescência quando ainda fazia filmes e clipes. A sua sonoridade atual é próxima do tropicalismo, com arranjos de cordas, guitarras distorcidas e momentos experimentais espalhados ao longo das faixas.

Às 22h40 é a vez do encontro mais aguardado da noite com a banda Tono recebendo ninguém menos que Ney Matogrosso. Desde o lançamento de seu primeiro disco, “Tono auge”, no final de 2008, a banda carioca Tono, fez jus a seu nome e deu o tom da originalidade de seu trabalho. Com influências que vão de Itamar Assumpção e Jorge Mautner a Michael Jackson e Talking Heads, o grupo é formado por Rafael Rocha (bateria), Ana Lomelino, (voz), Bem Gil (guitarra), Bruno di Lullo (baixo) e Leandro Floresta (teclados e sintetizadores). A parceria entre a Tono e Ney já foi vista e ouvida em diversos eventos pelo Rio de Janeiro e São Paulo.

Sete anos depois de sua primeira vinda ao festival No Ar, o Cidadão Instigado retorna ao Recife para apresentar pela primeira vez na cidade o show do disco “Fortaleza”, lançado neste ano e ganhador do Prêmio Multishow de Melhor Álbum. O grupo de Fernando Catatau, Dustan Gallas, Régis Damasceno, Clayton Martins e Rian Batista revisita em seus discos a psicodelia na canção nordestina dos anos 1970, a música brega romântica e o rock de garagem.

Com mais três discos lançados desde o início do milênio: “O ciclo da dê.cadência” (2002), “O Método Túfo de Experiências” (2005) e “UHUUU!” (2009), o Cidadão Instigado diz que “Fortaleza” (2015) é uma “homenagem às nossas lembranças, para uma Fortaleza que não existe mais e para outra que está em constante mutação e se faz presente em todas as horas de nossas vidas”.

Encerrando a programação de shows do festival, o mais conhecido e respeitado rapper brasileiro da atualidade, Emicida, apresenta na capital pernambucana o seu novo trabalho “Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa…” (2015). Cantando fortes críticas sociais em suas músicas mas com um estilo que contém bastante sensibilidade, Emicida é um artista que cresceu no país com força própria e ajuda da Internet.

Será uma oportunidade especial para o público presenciar o crescimento do talento e da importância de Emicida, que veio ao Recife pela primeira vez em 2010 também no festival No Ar como uma das apostas do evento. Neste ano, como headliner, o rapper vai mostrar porque é um dos principais nomes do hip hop brasileiro, tendo feito ao longo dos anos apresentações nos festivais Coachella, Rock in Rio e em diversos palcos pela Europa.

Oficinas – Nos dias que antecedem a maratona de apresentações na Coudelaria Souza Leão, o No Ar abre espaço para uma etapa de reflexão e formação com oficinas e debates. O artista plástico Nestor Jr realiza nos dias 24 e 25 de outubro sua Oficina de Aquarela no MAMAM – Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães. Já tendo colaborado com revistas nacionais e internacionais, capas de livros e discos, Nestor Jr participou de exposições em Portugal, Espanha, França e Italia, além de ter amostras de suas aquarelas e gravuras em varias partes do Brasil.

Na quinta (29), acontece no auditório do Portomídia o workshop “Utilização de Plataformas Digitais na Área Musical” com Henrique Fares Leite, da Deezer falando como os artistas brasileiros podem divulgar e monetizar suas obras através dos novos serviços de streaming. Na sexta (30), o auditório do Portomídia recebe um debate sobre “A música brasileira e a constante busca por novidades” com a presença de Coy Freitas, da plataforma Skol Music, do jornalista Lucio Ribeiro e o cantor e compositor Romulo Fróes.

Histórico – De 2004 até hoje, o festival No Ar Coquetel Molotov percorreu uma gratificante trajetória no Recife. Primando por uma programação com shows de artistas novos e revelações da cena independente, o festival aposta ainda numa interação entre áreas culturais diversas com debates, oficinas e mostra de filmes. Desde o ano passado, o No Ar passou a acontecer na Coudelaria Souza Leão, no bairro da Várzea, inaugurando uma nova fase em sua história em um espaço aberto e ao ar livre. Em seu histórico, o festival já trouxe shows com artistas como Teenage Fanclub (2004), Mombojó (2005), CocoRosie (2006), Nouvelle Vague (2007), Marcelo Camelo (2008), Beirut (2009), Dinosaur Jr (2010), Racionais MCs (2011), Moraes Moreira (2012), Clarice Falcão (2013) e Russian Red (2014).

Skol Music apresenta:
NO AR COQUETEL MOLOTOV 2015

* DISCOTECAGENS ESPECIAIS – BARCHEF
02/10 – 22h – INCENDIÁRIA – DJs GGabriel, Bruno Nogueira e Vinicius Lezo
09/10 – 22h – COVIL – DJs Guilherme de Paula, Sarah Blackbird e Malu Donanzan
16/10 – 22h – REFLEX – DJs Adriano Cintra e Aslan Cabral
23/10 – 22h – ENCONTRO DOS MONSTROS – DJs Cassio Bomfim, Jack Mugler e Ander Oliveira
30/10 – 22h – PREVIEW – DJ Lucio Ribeiro e convidados
Endereço: Barchef – Av. 17 de Agosto, 1893 – Poço da Panela, Recife
Entrada gratuita

* MOSTRA PLAY THE MOVIE – RECIFE
QUI – 08/10 – 18h
“Reis do Sagrado” (Dir: Lucas Müller, 2013) – 25 min
“Esse Brega Sangue Azul” (Dir: Lila Brasileiro e Paulo Victor Castanheira, 2015) – 24 min
“João Heleno dos Brito” (Dir: Neco Tabosa, 2014) – 20 min
“Premê – Quase Lindo” (Dir: Alexandre Sorriso e Danilo Moraes, 2015) – 70 min
Local: Cineclube Texas – 1º Andar – Edf. Texas – Pátio de Sta. Cruz
Entrada gratuita

SEX – 09/10 – 20h30
“Sem Dentes – Banguela Records e a Turma de 94” (Dir: Ricardo Alexandre, 2015) – 120 min
Local: Cinema do Museu – FUNDAJ – Casa Forte
Entrada: R$ 5,00

SAB – 10/10 – 23h
Festa Grève Especial
Cine-Concerto com Camarones Orquestra Guitarrística (RN) | DJ Evandro Q?
Local: Profana Pub – Rua Tomazina – Recife Antigo
Entrada: R$ 15,00

* DROPS – FERNANDO DE NORONHA
Shows com The Raulis (PE) e Zé Cafofinho (PE) | DJ Vinícius Lezo
Local: Muzenza Espaço Sociocultural – Vila dos Remédios
Data: Sábado – 10 de outubro – 23h
Ingressos: R$ 25 (antecipado) e R$ 30 (no dia)

* DROPS – FESTIVAL NO AR 2015
Shows com Sondre Lerche (Noruega) e Fred 04 Sonofabit (PE)
Local: Rouge Creperia – Praça de Casa Forte – Recife
Data: 10 de outubro – 20h
Ingressos: R$ 20 (à venda no Eventick)

* FESTA HYPENESS
Shows com Thiago Pethit (SP), Tagore (PE) e Twanny (PE)
Local: Estelita – Av. Saturnino de Brito, 385 – Cabanga
Data: 17 de outubro – 15h às 22h
Ingressos: R$ 30 (pré-venda) e R$ 40 (na hora)

* PRÉVIA – RECIFE ANTIGO DE CORAÇÃO
Shows com Zeca Viana (PE) e Juvenil Silva (PE)
Local: Marco Zero – Recife Antigo
Data: Domingo – 25 de outubro – 14h
Entrada gratuita

* FESTIVAL NO AR COQUETEL MOLOTOV – ETAPA BELO JARDIM

OFICINAS
QUI E SEX – 22 e 23/10 – 14h às 18h
Inscrições gratuitas no Cine Teatro Cultura

MOSTRA PLAY THE MOVIE – BELO JARDIM

QUI – 22/10 – 18h
“Di Melo, o Imorrível” (Dir: Alan Oliveira e Rubens Pássaro, 2011) – 20 min
“Reis do Sagrado” (Dir: Lucas Müller, 2013) – 25 min
“Sete Corações” (Dir: Marcelo Barreto, 2014) – 97 min
Local: Cine Teatro Cultura – Praça Jorge Aleixo, S/N – Centro
Entrada gratuita
SEX – 23/10 – 18h
“Eu Tenho Pressa” (Dir: Andreane Carvalho e Carla Alencar, 2010) – 20 min
“Esse Brega Sangue Azul” (Dir: Lila Brasileiro e Paulo Victor Castanheira, 2015) – 24 min
“A Batalha do Passinho” (Dir: Emílio Domingos, 2014) – 73 min
Local: Cine Teatro Cultura – Praça Jorge Aleixo, S/N – Centro
Entrada gratuita

SHOWS
SÁBADO – 24/10 – 18h
Shows com Mundo Livre S/A (PE), Tagore (PE) e DJ Mecinho Groove (PE)
Local: Parque do Bambu – Centro – Belo Jardim
Entrada gratuita

* FESTIVAL NO AR COQUETEL MOLOTOV – ETAPA RECIFE

PALCO AESO / SOM NA RURAL
Shows com artistas novos – 15:00 – 20:00

PALCO SONIC
Sofia Freire (PE) 15:30 – 16:20
Mahmed (RN) 16:40 – 17:20
Rico Dalasam (SP) 17:40 – 18:30
Cosmo Grão (PE) 18:50 – 19:40
Carne Doce (GO) 20:00 – 20:50
Serge Erege (SP) 21:10 – 22:10
Ludovic (SP) 22:30 – 23:30
Charqueattack (PE) 23:50 – 00:50
Patricktor4 (BA) 00:50 – 01:50
Omulu (RJ) 01:50 – 03:50

PALCO VELVET
The Raulis (PE) 17:00 – 18:00
Mahmundi (RJ) 18:20 – 19:20
Juveniles (França) 19:40 – 20:30
Ava Rocha (RJ) 20:50 – 21:50
Tono com Ney Matogrosso (RJ) 22:40 – 23:40
Cidadão Instigado (CE) 00:00 – 01:00
Emicida (SP) 01:30 – 02:30

e mais Feira Cultural, Encontro de Zines e Food Trucks
DATA: 31 de outubro de 2015 – A partir das 13h
LOCAL: Coudelaria Souza Leão – Rua Dias D’Ávila – Várzea – Recife – PE
INGRESSOS: www.eventick.com.br/noar2015
MAIS INFORMAÇÕES: www.facebook.com/noarcm

PATROCÍNIO: Baterias Moura e Empetur
APOIO: Instituto Conceição Moura, Prefeitura do Recife, Excelsior Seguros, Sebrae, Institut Français, Consulado Geral da França, Bureau Export, Prefeitura de Belo Jardim, Coudelaria Souza Leão, AESO, Copergás, Fabrica Estúdios, Portomídia, Porto Digital, Stampa, Mingus, Barchef, Pitu, Buffalo, CEPE e Plexos
MÍDIA OFICIAL: Play Tv, Tag It, Hominis Canidae, Brasileiríssimos, Radio Universitária e O Grito
PLAYER OFICIAL: Deezer
ASSOCIADO: Rede Brasil de Festivais
REALIZAÇÃO: Coda Produções

01 comentários

  • Olá..Boa noite

    Achei estranho, numa tomada na TV universitária

    O anuncio de JALOO….kd ele na programação? ????

    Achei estranho
    ..mais estou de olho

    luiz Antônio a. santoro 09.10.2016 12h50

Deixe um novo comentário