Coquetel Molotov

Destaque Notícias

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA OFICINAS DO FESTIVAL NO AR EM BELO JARDIM

Com realização da Coda Produções Artísticas a quarta edição do festival em Belo Jardim conta com patrocínio da Baterias Moura e Ballantines e apoio do Instituto Conceição Moura, IFPE, TNT, Itaipava, Buffalo, Cattleya e Cepe, Player oficial Spotify.

Oficinas – Nos dias que antecedem os shows no Parque do Bambu, o Festival No Ar Coquetel Molotov – Etapa Belo Jardim realiza uma série de atividades que incluem oficinas técnicas e a quarta edição da Mostra Play The Movie na cidade. As oficinas e a mostra ocorrem no Cine Teatro Cultura e no auditório do IFPE, entre os dias 17 e 20 de outubro.

As atividades começam na quarta-feira (17), às 14h, com a oficina “Cidadania LGBT em discussão” que será ministrada por Maria Clara Araújo, na Escola Antenor Vieira, Bairro de Santo Antônio. Símbolo do direito trans, Maria é graduanda em pedagogia pela UFPE. Ganhou projeção internacional após a publicação de seu “Manifesto Pela Igualdade: Sobre Ser Travesti e Ter Sido Aprovada Em Uma Universidade Federal.”

Na quinta-feira (18), às 14h, o público terá a oportunidade de participar da Oficina de Fotografia, com Pri Buhr que é jornalista e desde 2005 trabalha como fotografia. Com diversas pesquisas e projetos relacionados à narrativas visuais, foi ganhadora do Prêmio Brasil de Fotografia 2013, na categoria Revelação. Também integra o Clube de Colecionadores de Fotografia do MAMAM.

No mesmo horário, no IFPE, o Festival realiza uma oficina de imersão com o ESTESIA, grupo que surgiu com a proposta de repensar o jeito de se fazer shows de música, utilizando a arte e a tecnologia para transformar o papel dos artistas no palco e da plateia. Durante as apresentações do grupo, o público é convidado a interagir ativamente do show que é mais do que som e luz. O workshop também ocorre na sexta-feira, às 14h.

Às 15h, na sexta-feira, a cidade dos músicos irá receber a sua primeira Oficina de Vogue, estilo de dança de resistência e empoderamento que ganhou popularidade na década de 90, com as caras e bocas e movimentos dos braços em volta do rosto, no clipe “Vogue” de Madonna. A oficina será ministrada pela pernambucana Amethyst, que é pesquisadora de Voguing e cultura Ballroom. A aula terá duração de duas horas, sendo inicialmente teórica, contextualizando a história e a resistência do voguing, seguida pela aplicação de movimentos básicos das categorias Old way e Femme, que serão demonstradas e vivenciadas no corpo, visando o estímulo da consciência corporal e as bases organizacionais. O workshop ocorre no Chaminé Recepções.

INSCRIÇÕES ENCERRADAS

01 comentários

Deixe um novo comentário