Coquetel Molotov

No Ar 2012

MOSTRA PLAY THE MOVIE HOMENAGEIA HILTON LACERDA NO CINEMA SÃO LUIZ

Pelo sexto ano consecutivo, o festival No Ar Coquetel Molotov promove a Mostra Play The Movie, um evento dedicado a exibição de filmes e documentários de temática musical. A mostra ocorre no Cinema São Luiz, do dia 11 a 15 de setembro com produções audiovisuais de diversas partes do país. O evento tem patrocínio do Funcultura Audiovisual e é realizado com apoio da Rec Produtores, CEPE, 7Arte e Central.

E fazendo a ligação entre música e cinema fora da tela, a Play The Movie homenageia personalidades do audiovisual pernambucano que contribuem para estreitar estas relações artísticas. Neste ano, o evento faz homenagem ao roteirista e cineasta Hilton Lacerda, que também escolheu alguns títulos a serem exibidos na programação. O cineasta ainda ganha uma breve retrospectiva com obras onde trabalhou no roteiro, a exemplo de “Amarelo Manga”, “Árido Movie” e “Cartola – Música para os olhos”.

Na programação da mostra, que tem entrada gratuita, serão exibidos alguns filmes inéditos no Recife a exemplo de “Eu, o vinil e o resto do mundo” (Dir. Lila Rodrigues e Karina Ades, 2008), “Futuro do Pretérito – Tropicalismo Now” (Dir. Ninho Morais e Francisco César Filho, 2012) e “As batidas do samba” (Dir. Bebeto Abrantes, 2010). Antes das sessões, alguns dos realizadores conversarão com o público no cinema.

Cine-concertos – Como já é tradição nas edições do Play The Movie, ao final de cada dia, há sessões especiais com pocket-shows com atrações musicais tocando ao vivo e criando uma nova trilha sonora para filmes exibidos simultaneamente. Cada um dos grupos convidados escolheu os filmes para ilustrar as suas sessões. Desta forma, o evento contará com Fernando Catatau e o filme “Endless Summer”, Kalouv com “Waking Life”, Eddie com “Drugstore Cowboy” e a banda Monstro Amor com o filme “Alice in Acidland”.

PROGRAMAÇÃO
MOSTRA PLAY THE MOVIE 2012

* TERÇA – 11/09 – 19h
“Texas Hotel”
“Amarelo Manga”
“O Sabor da Melancia”

* QUARTA – 12/09 – 18h30
“O Diabo Feito Mulher”
“Língua Mãe”
“Eu, o Vinil e o Resto do Mundo”
Cine-concerto: Fernando Catatau e o Instrumental (CE)

* QUINTA – 13/09 – 18h30
“À Sua Imagem e Semelhança”
“A Música Audaz de Toninho Horta”
“Black Soul Brother”
“Futuro do Pretérito – Tropicalismo Now”
Cine-concerto: Kalouv (PE)

* SEXTA – 14/09 – 18h30
“Árido Movie”
“Dakar-Recife”
“Siba: Nos Balés da Tormenta”
Cine-concerto: Eddie (PE)

* SÁBADO – 15/09 – 18h30
“Cartola – Música Para os Olhos”
“O Liberdade”
“As Batidas do Samba”
Cine-concerto: Monstro Amor (PE)


SINOPSES

*TEXAS HOTEL – Classificação indicativa: 18 anos
Dir. Hilton Lacerda e Claudio Assis (Brasil, 1997) – Ficção – 20 min
O filme mistura, de forma desconcertante, a tecnologia e a linguagem cinematográfica com o teor marginal do ambiente e da fauna que aborda no universo paralelo de um local chamado “Texas Hotel”. Este curta serviu como base para o longa-metragem Amarelo Manga. 

*AMARELO MANGA – Classificação indicativa: 18 anos
Dir. Claudio Assis / Roteiro: Hilton Lacerda (Brasil, 2003) – Ficção – 80 min
Histórias de encontros e desencontros amorosos que acontecem nos subúrbios do Recife, revelando personagens exóticos: um açougueiro infiel casado com uma evangélica; um traficante necrófilo; a dona de um botequim assediada pelos frequentadores e um cozinheiro homossexual. Ganhou prêmios nos festivais de Brasília, Berlim (Alemanh e Toulouse (França).

*O SABOR DA MELANCIA – Classificação indicativa: 18 anos
Dir. Tsai Ming-Liang (Taiwan, 2004) – Ficção – 90 min
De volta de uma viagem à França, uma jovem chega a Taipei e descobre que a cidade sofre de uma seca terrível, que a obriga a encher garrafas de água em banheiros públicos ou matar a sede com suco de melancia. Um dia, ela e um vendedor de relógios se encontram por acaso no parque e iniciam um romance. Mas o que ela não sabe é que o vendedor agora atua como ator pornô, em produções filmadas próximo à sua casa.

QUARTA – 12/9 – 18h30

*O DIABO FEITO MULHER – Classificação indicativa: Livre
Dir. Fritz Lang (EUA, 1952) – Ficção – 90 min
O filme conta a historia de uma infame criminosa, que mantém um espécie de hotel escondido nas montanhas para os fora-da-lei. Um cowboy em busca de vingança pela morte de sua amada segue a pista do assassino pela criminosa. Lá, ele terá que resolver se leva a sua vingança até o fim enquanto se vê envolvido pela dona do local.

*LINGUA MÃE – Classificação indicativa: Livre
Dir. Fernando Weller e Leo Falcão (Brasil, 2011) – Documentário – 80 min
Naná Vasconcelos, um dos maiores músicos do Brasil, sonhava reunir um grupo de crianças e fazer música com elas em sua língua materna: o português. Atravessou três continentes para encontrá-las e daí nasce “Língua Mãe”, projeto musical realizado em parceria com o maestro Gil Jardim.

*EU, O VINIL E O RESTO DO MUNDO – Classificação indicativa: Livre
Dir: Lila Rodrigues e Karina Ades (Brasil, 2008) – Documentário – 75 min
Maior campeonato de DJs da América Latina, o Hip Hop DJ mobiliza os sonhos de jovens de todos os cantos de São Paulo, ávidos para construir uma nova vida e uma carreira de sucesso através da música. Os locais onde muitos desses garotos, moradores dos bairros de periferia, exercitam seu estilo e sua arte, fundamentais para se diferenciarem e conquistarem seu público.

CINE-CONCERTO
FERNANDO CATATAU E O INSTRUMENTAL (CE)
O guitarrista Fernando Catatau, do Cidadão Instigado, toca ao vivo produzindo uma trilha sonora inédita para o filme “The Endless Summer” (EUA, 1966). No documentário dirigido por Bruce Brown, um grupo de três jovens surfistas decide procurar a onda perfeita, percorrendo as mais exóticas e populares praias em experiências decisivas para suas vidas.

QUINTA – 13/9 – 18h30

*À SUA IMAGEM E SEMELHANÇA – Classificação indicativa: Livre
Dir. Thiago Lira (Brasil, 2011) – Documentário – 20 min
Documentário musical que parte do conceito de “cover” para discutir a imagem e semelhança desse universo a partir da perspectiva das próprias bandas. Para isso conta com a participação da Beatles 4Ever, primeira banda cover do Brasil, Seu Chico, Del Rey e Thammy Spears, entre outros artistas e bandas.

*A MÚSICA AUDAZ DE TONINHO HORTA – Classificação indicativa: Livre
Dir. Fernando Libânio (Brasil, 2011) – Documentário – 45 min
Focado na carreira e trajetória artística de um dos mais admirados e renomados músicos brasileiros, o documentário busca, através de depoimentos, apresentações musicais e diversos materiais de arquivo, trazer à tona um pouco mais da importante contribuição de Toninho Horta para a música mineira e brasileira. 

*BLACK SOUL BROTHER – Classificação indicativa: Livre
Dir. Rubens Pássaro (Brasil, 2008) – Documentário – 85 min
O documentário conta um pouco da trajetória de Miguel de Deus, figura importante para o Tropicalismo e para o Soul Nacional, contada pelas suas músicas, por suas memórias, e pelos seus brothers.

*FUTURO DO PRETÉRITO – TROPICALISMO NOW – Classificação indicativa: Livre
Dir. Ninho Morais e Francisco César (Brasil, 2012) – Documentário – 75 min
Este filme lança um olhar contemporâneo sobre um dos movimentos culturais mais importantes da história brasileira. Um documentário lítero-musical, que mescla entrevistas, intervenções artísticas e atores em pequenos esquetes. Como pano de fundo, André Abujamra recria algumas das principais canções desta geração que deu muito pano para a manga e calça boca-de-sino.

CINE-CONCERTO
KALOUV (PE)
A banda instrumental Kalouv, uma das novas apostas da cena musical pernambucana, vai se debruçar sobre o filme “Waking Life” (EUA, 2001), de Richard Linklater, fazendo com que suas composições autorais sejam a trilha para as cenas realizadas em técnica de rotoscopia (desenho sobre cenas gravadas) estrelando Julie Delpy e Ethan Hawke.

SEXTA – 14/9 – 18h30

*ARIDO MOVIE – Classificação indicativa: Livre
Dir. Lirio Ferreira (Brasil, 2005) – Ficção – 118 min
Jonas é repórter do tempo de uma rede de TV em São Paulo mas está rumo à sua cidade-natal, localizada no interior do nordeste. O motivo é a morte de seu pai, com quem teve pouquíssimo contato e que foi assassinado inesperadamente. Entre caronas até a chegada, ele encontra uma parte da família a qual não conhecia até então.

*DAKAR-RECIFE – Classificação indicativa: Livre
Dir. Nilton Pereira (Brasil, 2011) – Documentário – 45 min
O filme registra o trabalho de diversas gerações de músicos senegaleses, com a participação de mestres das tradições tribais e de representantes de novos estilos, como o hip hop. Além de artistas senegaleses como Doudu N´Diaye Rose, Didier Awadi, Isamel Lo e o grupo Les Frères Guissé, o filme os mostra em contato com músicos pernambucanos como Siba e Naná Vasconcelos.

*SIBA: NOS BALÉS DA TORMENTA – Classificação indicativa: Livre
Dir. Caio Jobim e Pablo Francischelli (Brasil, 2012) – Documentário – 85 min
Rock, música africana e a poesia se combinam durante o processo de criação de “Avante”, disco mais recente do poeta e compositor pernambucano Siba. O belo registro apresenta o cantor expondo de maneira aberta suas ideias em estúdio para os músicos convidados e o produtor do disco, o guitarrista Fernando Catatau.

CINE CONCERTO
EDDIE (PE)
Em 20 anos de estrada, a Eddie já cantou sobre praias, festas e a cidade de Olinda. Mas neste cine-concerto especial, a banda terá um grande desafio ao criar temas instrumentais para o filme “Drugstore Cowboy” (EUA, 1989), de Gus Van Sant, que apresenta personagens em um cenário urbano, que sobrevivem assaltando farmácias, para obter drogas e dinheiro.

SÁBADO – 15/9 -18h30

*CARTOLA – MUSICA PARA OS OLHOS – Classificação indicativa: Livre
Dir. Lírio Ferreira e Hilton Lacerda (Brasil, 2006) – Documentário – 80 min
Autor de sambas memoráveis, como O Mundo é um Moinho e As Rosas Não Falam, Cartola gravou o seu primeiro disco quando já estava bastante velho, poucos anos antes de morrer. O documentário que leva seu nome conta a sua história, de pedreiro a músico reconhecido – talento nato, daqueles só encontrados em um em meio a uma infinidade de homens. Em um painel que inclui toda a sociedade, o longa discute a memória nacional e a formação cultural do país, que levou a disparates como este.

*O LIBERDADE – Classificação indicativa: Livre
Dir. Cíntia Langie e Rafael Andreazza (Brasil, 2011) – Documentário – 80 min
Com depoimentos de músicos e frequentadores, o documentário conta a história do bar Liberdade, que há quase 40 anos recebe o grupo de choro Avendano Jr e o Regional em Pelotas, no sul do Brasil.

*AS BATIDAS DO SAMBA – Classificação indicativa: Livre
Dir. Bebeto Abrantes (Brasil, 2010) – Documentário – 85 min
O documentário narra uma história que ainda não foi contada e corre o risco de se perder: a história de como os instrumentos de percussão foram sendo introduzidos no samba carioca dando-lhe as feições que o fizeram a grande expressão musical da cultura brasileira. O filme mostra a evolução e as grandes revoluções rítmicas do ritmo na cidade do Rio de Janeiro.

CINE-CONCERTO
MONSTRO AMOR (PE)

Com um som difícil de classificar, a Monstro Amor tem uma pegada musical que se inspira nos melhores grooves do krautrock. A banda escolheu o clássico cult “Alice in Acidland” (EUA, 1969), do diretor John Donne, para tentar reproduzir em termos musicais toda a psicodelia mostrada na tela em uma saga que envolve diversas fantasias.

Local: Cinema São Luiz – Rua da Aurora – Recife
Entrada gratuita
Mais informações: www.facebook.com/events/334680546626457

01 comentários

  • Bichinha,

    Programação Imperdível. Vê se vc vai.
    bjs

    Karine Raquel 12.09.2012 08h25

Deixe um novo comentário