CONEXÃO BH INICIA NOVA FASE

CONEXÃO BH INICIA NOVA FASE

Passados 13 anos desde sua implantação, o Conexão criou e fortaleceu uma sólida rede de artistas, projetos, agentes e iniciativas diversas no setor cultural brasileiro. O Conexão abriga hoje em seu guarda-chuva iniciativas de circulação de shows, festivais, produção de CDs e DVDs individuais e coletivos, videoclipes e atividades de qualificação e profissionalização numa ação contínua ao longo do ano que se revela ao público de forma concentrada e contundente quando acontecem os festivais, como o que acontecerá em Belo Horizonte entre os dias 29 de maio de 02 de junho, rebatizado agora de Conexão BH.

As ideias que originaram a hoje chamada Rede Conexão, que continua com o patrocínio da Vivo, surgiram em 1999, na cidade de Belo Horizonte, com um grupo de artistas e produtores que ainda hoje militam em várias frentes da música na cidade. Esse coletivo já envolvia, de forma pioneira, músicos, produtores, jornalistas, técnicos, radialistas, donos de lojas de disco e casas de espetáculo, numa das primeiras iniciativas coletivas da cadeia produtiva da música.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=i4oJJXs0V34?feature=player_detailpage&w=440&h=260]

Juntos, eles tentavam construir novos caminhos para a música produzida em Minas, já antevendo as transformações que viriam na próxima década. Em 2001, o discurso foi colocado em prática por meio do patrocínio da Telemig Celular em um projeto aprovado na Lei Estadual de Incentivo à Cultura. Entre os anos de 2008 e 2009, a iniciativa exemplar foi transformada em uma plataforma nacional de desenvolvimento cultural, expandida para boa parte do Brasil com o patrocínio da Vivo, que reconheceu neste programa um dos mais contundentes modelos para o desenvolvimento e projeção de conteúdos musicais de todo o país, chegando a envolver mais de 160 projetos distintos em 09 estados brasileiros no ano de 2011.

Em 2013, a Rede Conexão passa por uma profunda reformulação. Dentre elas, a consolidação de uma rede nacional de trabalho e a reafirmação de seus princípios: respeito à diversidade estética, valorização da singularidade criativa, opção pela capilaridade das ações e o desenvolvimento de um campo cada vez mais fértil para a sustentabilidade dos negócios musicais. Esta é a principal necessidade de uma imensa geração de criadores e produtores oriundos dos novos tempos da música (a música que não toca na rádio, a música que está na web, a música que é autoproduzida), o chamado “mercado médio” da música brasileira, que tem dificuldade de se sustentar e expandir com as iniciativas públicas e privadas existentes.

O pontapé inicial ao novo momento do programa acontece em Belo Horizonte, cidade onde a Rede Conexão nasceu e que tradicionalmente reúne, a cada ano, uma programação intensa de shows e ações reflexivas. A ação na capital mineira envolve artistas representativos da música brasileira contemporânea, mineira em especial, em encontros, em sua maioria, inéditos e singulares, marcando mais esta etapa de culminância da Rede Conexão, denominada de Festival Conexão BH.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=AGTZ5CBBLso?feature=player_detailpage&w=440&h=360]

Programação – A partir do dia 29 de maio até o dia 02 de junho, mais de 50 artistas se revezarão entre os três ambientes do Parque Municipal Américo Renné Giannetti e as casas de espetáculos parceiras do festival, a exemplo do Granfinos e Music Hall. Estão confirmadas as presenças de artistas de gêneros musicais diversos e de todo o país. Representando Minas Gerais: Transmissor, Graveola e o Lixo Polifônico, Fusile, Dibigode e Zimun; de Pernambuco: Academia da Berlinda e Otto; da Bahia: Ilê Ayê, Magary Lord e Peu Murray; do Pará: Gang do Eletro, Dona Onete e Luê; do Rio de Janeiro: Do Amor, Domenico e Maira Freitas; e de São Paulo: O Terno e Mauricio Pereira (de Os Mulheres Negras) e Tulipa Ruiz. Artistas internacionais também marcam presença no Conexão BH como a mais destacada cantora do México, Julieta Venegas e o cantor senegalês Zal Sissokho.

Dentro de sua programação mais ampla, a Rede Conexão congrega diferentes projetos, dentre eles o Cidade Hip Hop (23 a 26 de maio, no Espaço Centoequatro), Pequenas Sessões (04 a 09 de junho, na Casa Uma, Espaço Centoequatro e C.A.S.A.), ambos festivais integrantes da Rede e com programação compartilhada com o Festival Conexão BH. Além desses, que também estarão com ações dentro do Festival Conexão BH, ainda teremos internamente ao Conexão BH, a Eliminatória Nacional do Duelo de MC’s – Etapa MG (30 de maio), o projeto Música Independente (30 de maio), a Mostra da Nova Música Instrumental e O Samba Bate Outra Vez (31 de maio).

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=y8rBC6GCUjg?feature=player_detailpage&w=440&h=260]

Além do tradicional palco de shows no Parque Municipal, o Conexão BH vai integrar atividades que reproduzem um microcosmos da cidade de Belo Horizonte e sua relação com outros movimentos musicais do país. Os blocos carnavalescos e seus cortejos, movimentos como o Quarteirão Eletrônico, Quarteirão do Soul, mostras de graffite, o Deskareggae Sound System, a exibição de vídeos da cena mineira, a Discoteca Pública e a Feira de Vinis, o Circuito de Festas, envolvendo os estados do RJ e SP, bares temáticos de Belo Horizonte e a recepção ao Circuito Motiva (BA) dentre outros, estarão unidos sob a marca “Juntos somos música”.

Seminários – Desde os primeiros anos o Conexão tem um momento dedicado às reflexões sobre a música, o mercado, a política cultural e as cidades. Em 2013 não será diferente. O Seminário acontecerá do dia 29 ao dia 02 de junho, concomitante aos shows, festas, exibições e exposições. A programação será totalmente gratuita.

HISTÓRICO – Há doze anos, em Minas Gerais, surgia o Conexão, um projeto audacioso que tinha o objetivo de apontar novos caminhos e buscar respostas para os desafios do mercado mineiro de música. Nomeado por grandes empresas como a Telemig Celular (de 2001 a 2008) e a Vivo (de 2008 a 2012), o programa se tornou muito mais do que uma sucessão de shows e eventos.

Articulados de forma orgânica, os projetos e integrantes do Conexão constituem uma poderosa rede (a Rede Conexão) pelo desenvolvimento do setor musical brasileiro. A prova disso é que em todos esses anos de história, os mais de 400 projetos financiados pelo Programa geraram mais de 1.500 espetáculos assistidos por um público superior a 1,1 milhão de pessoas. Cerca de 300 atividades de capacitação foram realizadas, mais de 300 mil produtos, entre CDs e DVDs, foram distribuídos física e virtualmente em todo o país e centenas de horas de conteúdo audiovisual foram projetados em TVs abertas e na Web.

Em sua nova fase, pouca coisa muda na essência da plataforma do Conexão. A Rede continua abrangendo ações realizadas por meio da plataforma própria em capitais e cidades polo do interior. O programa atua em conjunto com projetos parceiros (festivais e palcos estáveis), formando um circuito nacional com programação contínua ao longo do ano (tanto expositiva quanto formativa), com espelhamento em um plataforma virtual coletiva, capaz de manter permanentemente a percepção pública da Rede a longo prazo, valorizando a produção, os movimentos musicais dos territórios e as conexões artísticas e profissionais em todos os níveis. A partir de junho de 2013, a Petrobras será a nova parceira da Rede Conexão em seu ambiente virtual.

SOBRE A TELEFÔNICA|VIVO – A Telefonica Vivo apoia iniciativas que contribuam para o desenvolvimento da sociedade como um todo e acredita no poder dos patrocínios para incentivar ações que ajudam a transformar a realidade do país, além de reforçar relacionamentos já existentes e construir novos. Minas Gerais, onde a empresa é líder de mercado, com mais de 8,1 milhões de clientes, é um Estado muito importante para a companhia, que patrocina ainda diversas iniciativas culturais, esportivas e sociais.

A Telefônica|Vivo é a maior empresa de telecomunicações do País, com 90,9 milhões de clientes, sendo 76 milhões na telefonia móvel, conta com um portfólio de produtos completo e convergente (voz fixa e móvel, banda larga fixa e móvel, ultra banda larga (over fiber), TV, dados e TI). A empresa está presente em mais de 3,7 mil cidades, mais de 3,1 mil delas com acesso à rede 3G – mais do que o total dos municípios atendidos pelas demais operadoras. O Brasil, onde atua desde 1998, é a maior operação mundial da Telefônica em número de clientes.

CONEXÃO BH 2013
PROGRAMAÇÃO – SHOWS – PARQUE MUNICIPAL

Quarta-feira – 29/05 – 19h
UAKTI (MG) convida Zal Sissokho (Senegal)
GARBO (MG) convida Kicila (MG) e Carlos Malta (RJ)
FUSILE (MG) convida Gabriel Thomaz (Autoramas – RJ)
DO AMOR (RJ) convida Domenico (RJ)

Quinta-feira – 30/05 – 19h
MAGLORE (BA) convida Wado (AL)
TRANSMISSOR (MG) convida Cícero (RJ)
DUELO DE MC’s NACIONAL – Eliminatória BH
PEU MURRAY (BA) convida Magary Lord (BA)
SALA DA TOSCARIA NA BASE (MG) e B.Negão (RJ) homenageiam Marku Ribas

Sexta-feira – 31/05 – 19h
JULIETA VENEGAS (Mexico) convida Otto (PE)
METALEIRAS DA AMAZÔNIA (PA) convida Juca Culatra (PA)
DONA ONETE (PA) convida Luê (PA)
TULIPA RUIZ (SP) convida Fernanda Takai (MG)

Sábado – 01/06 – 19h
GRAVEOLA E O LIXO POLIFÔNICO (MG) convida Thiago Amud (RJ)
O TERNO (SP) convida Maurício Pereira (SP)
ILÊ AYÊ (BA) convida Maíra Freitas (RJ)
ORQUESTRA VOADORA (RJ) convida DJ Corisco e Baque de Mina (MG)

Domingo – 02/06 – 17h
FLÁVIO RENEGADO convida Meninas de Sinhá, Aline Calixto, Rogério Flausino (MG) e Sany Pitbull (RJ)
VIVA VIOLA (MG)
GANG DO ELETRO (PA)

CONEXÃO BH 2013
Cidade Hip Hop – 23 a 26 de maio – 14h à 0h – Espaço Centoequatro (www.facebook.com/cidadehiphop)
FESTIVAL CONEXÃO BH – 29 de maio a 02 de junho – Parque Municipal (www.facebook.com/conexoeslivres)
Circuito de Festas Conexão – 29 de maio a 01 de junho – Granfinos | Music Hall
Pequenas Sessões – 04 a 09 de junho – Casa Una, Espaço Centoequatro e C.A.S.A (www.facebook.com/pequenassessoes)

INGRESSOS – SHOWS PARQUE:
Ingressos promocionais até dia 14/05 (19h): R$10 (meia) e R$20 (inteira)
A partir de 15/05: R$15 (meia) e R$30 (inteira)
Passaporte 29 de maio a 02 de junho: R$50 (meia) e R$100 (inteira) para todos os dias.
Circuito de Festas: os ingressos variam de R$20 (meia) a R$50 (inteira), de acordo com local e lote.
Há ainda a possibilidade de adquirir COMBOS para festas e shows no Parque, além de PASSAPORTES.
Combos e passaportes oferecem desconto no preço total.
VENDA DE INGRESSOS: www.sympla.com.br/conexaobh

Leia Mais
MARCELO CAMELO LANÇA DVD AO VIVO DE SUA TURNÊ SOLO
MARCELO CAMELO LANÇA DVD AO VIVO DE SUA TURNÊ SOLO