FESTIVAL INTERNACIONAL VOGUE FEVER ACONTECE ESTE MÊS NO RECIFE

FESTIVAL INTERNACIONAL VOGUE FEVER ACONTECE ESTE MÊS NO RECIFE

FESTIVAL INTERNACIONAL VOGUE FEVER ACONTECE ESTE MÊS NO RECIFE

Estilo de dança que vem arrebatando cada vez mais adeptos no Brasil, o Vogue, que ficou conhecido mundialmente graças ao clipe da música “Vogue”, de Madonna, será celebrado no Recife com um grande festival nos dias 29, 30, 31 de agosto e 01 de setembro. Os shows, competições e oficinas ocorrem no Sinspire e Paço do Frevo com uma programação completamente gratuita.

Com incentivo do Funcultura, o Vogue Fever: Recife reúne, bailarinos, estudantes, artistas nacionais e internacionais para vivenciar a cultura Vogue e a Ballroom, com uma maratona de eventos e diversas apresentações. Entre os artistas convidados para a primeira edição do festival na cidade, estão confirmados Archie Burnett (NYC), o Trio Lipstick (MG) e Edson Vogue (PE), considerados ícones do movimento. O Festival Internacional de Vogue do Recife também será inclusivo, com a realização da etapa Vogue Para Todos, que promove oficinas de Vogue para pessoas com deficiência.

O Festival Vogue Fever acontece anualmente em Belo Horizonte – MG. Este ano, promove a sua quarta edição com a etapa no Recife. Nomes importantes da cena Voguing, à exemplo de Guilherme Morais (MG), Félix Pimenta (SP) e Makayla Sabino (RJ) também foram convocados para ministrarem as oficinas e participar do júri nas “Balls” – festas onde acontecem as famosas batalhas de Vogue.

O Vogue é uma dança de resistência e empoderamento originada nas comunidades LGBTQI+, negra, latina e periférica dos EUA. Ganhou popularidade na década de 90 quando as danças com caras e bocas e movimentos dos braços em volta do rosto, no clipe “Vogue” de Madona transmitiam a mensagem de que não importa cor, sexo ou religião, ao menos na pista de dança, todo mundo é igual. O estilo também ganhou destaque com o documentário “Paris is Burning”. Com cada vez mais adeptos, visibilidade e expressão no Brasil, as ‘Balls’ já fazem parte da cena cultural do país.

“Balls” são eventos onde as pessoas se reúnem para competir por prêmios e troféus relacionados a dança, roupas, performance, arte drag, maquiagem e outras categorias inspiradas em vários estilos musicais. Mais do que uma competição de moda e dança, essas batalhas transformam o que a sociedade define como fraqueza, no ponto forte de cada um, desconstruindo esteriótipos e padrões relacionados à beleza, feminilidade e masculinidade.

Na Hellcife Ball, o publico poderá participar das competições em diversas categorias: Gayleroso X Barbiegay Realness, Swinguera X Brega Funk,Runway e outras. As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas através do site: www.sympla.com.br/vogue-fever-recife—hellcife-ball__333183.

Realizado pelo Trio Lipstick e Coda Produções Artísticas o Festival Internacional Vogue Fever: Recife surgiu com o objetivo de promover o intercâmbio de vivências entre os participantes e difundir o movimento que ganha cada vez mais seguidores, no Brasil.

Sobre os artistas

Archie Burnett (NYC) é considerado ícone mundial do vogue. Dançarino autodidata, também é apontado como padrinho do vogue no Brasil. Aos 20 anos começou a frequentar boates em Nova York e desde então é uma das maiores referências das “Club Dances”, sendo mestre nos estilos “Waacking”, “Vogue” e “Hustle”. Viaja o mundo ministrando aulas, fazendo performances e atuando como jurado em Balls na Europa, Ásia e América Latina. Archie é o “Grandfather” da Icônica House of Ninja, criada por um dos pioneiros do Vogue mundial, Willi Ninja. 


O Trio Lipstick (BH) é um grupo de performance, pesquisa e produção de Belo Horizonte composto por Maria Teresa Moreira, Paula Zaidan e Raquel Parreira. Elas dedicam seus trabalhos e estudos ao Vogue e a cultura Ballroom desde 2011, atuando como professoras, performers e juradas em eventos de todo o Brasil. Em 2015, criaram o primeiro festival internacional de Vogue do país, o BH Vogue Fever.

Edson Vogue (PE), é formado em licenciatura em dança pela UFPE. Professor, pesquisador, passista de frevo, stiletto e voguing, publicou uma pesquisa com as linguagens do frevo e o voguing a partir da identidade negra. Conheceu o estilo em 2008 através da música de Madonna. Foi a partir de 2016, em uma apresentação do Trio Lipstick no Recife que se aprofundou em pesquisas e treinos. Edson é considerado mãe da Kiki House of Guerreiras (PE). Atualmente mantém pesquisa voltada para o femme voguing.

Félix Pimenta (SP) tem 28 anos, é dançarino, pesquisador, professor e coreógrafo de danças urbanas. Especializado nas danças Waacking e Voguing, é membro da IHOW- Chapter Brasil, membro do Coletivo Amem, da Cia Conceito Urbano e performer da noite paulistana. Participa de ações ligadas ao público negro LGBT+, promovendo espaços que debatem gênero, classe, HIV/AIDS, raça e saúde da população negra, em toda America-Latina.

Makayla Sabino (RJ) é uma grande especialista na dança Vogue. Integrante da House of Revlon (Paris) e da House of Cazul (Brasil), acumula vários prêmios em diversas Balls do país. 
Moradora do Morro do Alemão, Makayla é uma grande referência na cultura Ballroom da América Latina.

PROGRAMAÇÃO

29/08 – Quarta-Feira
19h – Seminário “Cultura Ballroom e o Vogue no Brasil”
Local: Sinspire

30/08 – Quinta-Feira
17h – Vogue para todos – Oficina para pessoas com deficiência, com o Trio Lipstick
19h – Oficina de Frevo Edson
Local: Paço do Frevo

20h30 – Vivencia com Archie Burnett
Local: Sinspire

31/08 – Sexta-Feira
18h – Oficina com Trio Lipstick
19h30 – Vivencia com Archie Burnett
Local: Sinspire

01/09 – Sábado
21h – Hellcife Ball

Leia Mais
CAMARONES ORQUESTRA GUITARRÍSTICA LANÇA NOVO ÁLBUM EM SÃO PAULO
CAMARONES ORQUESTRA GUITARRÍSTICA LANÇA NOVO ÁLBUM EM SÃO PAULO